Financiamento Coletivo: o que é?

Pensa na seguinte situação: um amigo seu do trabalho está fazendo aniversário. Vão organizar aquela festinha, com um bolinho, e é preciso escolher um presente. Cada um compra um ou dividem o custo de um presente maior? A segunda opção é a que mais brilha, não é? A famosa vaquinha. Inspirado nessa estratégia, surgiu o financiamento coletivo.

A iniciativa veio para tornar possível a realização de projetos incríveis perdidos em gavetas, memórias ou pastas no computador e jogá-los no mundo, dar-lhes vida. Também conhecido pelo seu termo em inglês, crowdfunding, o financiamento coletivo funciona basicamente assim:

  1. Um projeto / produto  / serviço é idealizado e pré-desenvolvido por pessoas ou instituições;
  2. Ele(s) é lançado online em uma plataforma ou site que possibilite a colaboração;
  3. Visitantes apoiam o projeto com uma determinada quantia;
  4. Quando o valor necessário é alcançado, o projeto começa a sair do papel.

Nem sempre um projeto precisa de muitas colaborações ou valores de alto custo para cada apoiador. Cada ideia é única e graças a isso sua elaboração também é singular. Nomes bem conhecidos da área aqui no Brasil, como o Catarse e o Queremos, abrigam desde projetos pequenos até grandes iniciativas de empresas que veem no financiamento coletivo uma forma inovadora de atingir o seu público.

Dessa forma, o crowdfunding abre espaço para ideias maravilhosas que só não ganharam uma chance por falta de recursos ou recusas de patrocínios. O ganho é de todos. O empreendedor ou autor finalmente realiza um objetivo (ou até mesmo um sonho!); enquanto o colaborador explora um novo caminho de forma quase que exclusiva. Afinal, quem não apoiou pode ter perdido a vez.

Esse esquema acaba criando uma comunidade. Se a campanha alcança o objetivo, o autor, apoiadores e profissionais que trabalharam no projeto se juntam em uma comum-unidade onde todos ganham transformando sonhos em realidade.

Na Liber, o processo não é muito diferente! A nossa especialidade e foco estão, no entanto, no mercado editorial. Somos uma comunidade muito antes do financiamento coletivo. Ele nos apresenta a você, leitor, é a nossa porta de entrada e aumenta o potencial e a união entre a  gente. Veja como funciona o nosso processo:

 

 

Dessa forma, o apoiador tem a oportunidade de ser o responsável por fazer o projeto acontecer e contribuir ativamente com o mercado editorial brasileiro. Esperamos que a experiência desperte o seu interesse em acompanhar outros projetos e continuar contribuindo, seja apoiando novos projetos, seja ingressando na comunidade, ou até mesmo sugerindo e nos ajudando a fortalecer a literatura nacional.  É esse sentimento de união e cooperação que a Liber sonha e espera criar.

Nós queremos ser um espaço onde os livros saiam do plano imaterial e chegue nas mãos dos leitores através de um processo editorial de qualidade. Assim, tanto autor e leitor, idealizador e colaborador, podem ver e sentir que somos mais do que uma editora, mais que uma loja e sim, um lugar para pertencer.

Escrever um comentário